NOSSA HISTÓRIA:

A primeira Igreja Batista da Ilha do Governador foi organizada em 25 de dezembro de 1908, às 12 horas, na casa da Congregação Batista da Ilha do Governador, no porto do Zumbi – Estrada do Rio Jequiá com a Rua Formosa do Zumbi –, com a presença de 73 pessoas. Foi organizadora da PIBIG a Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, que forneceu cartas de recomendação e transferência de 39 irmãos provenientes das igrejas: Primeira Igreja Batista do Rio de Janeiro, Primeira Igreja Batista de Niterói e Igreja Batista do Engenho de Dentro. Após ser examinada a nova igreja e lido o pacto das Igrejas Batistas, que foi aprovado pelos irmãos que iriam se constituir em igreja, foi declarada a organização em questão, tendo como primeiro nome Igreja Evangélica Batista da Ilha do Governador.
Foram componentes do Conselho Examinador os seguintes pastores: Francisco Fulgêncio Soren (PIB do Rio), Dr. W. E. Entzminger (PIB de Niterói), O. P. Maddox (IB do Engenho de Dentro), R. E. Pettgren (Missão Batista Pernambucana) e os diáconos Américo Luciano Senna e Theodoro R. Teixeira (PIB do Rio). O primeiro pastor a exercer o ministério da Palavra à frente desta igreja foi Francisco Fulgêncio Soren, que permaneceu neste cargo até setembro de 1911, tendo como auxiliares diretos o missionário O. P. Maddox e o diácono Américo Luciano Senna.
Exerceram ainda ministérios pastorais à frente da igreja os seguintes pastores:
– Missionário Dr. A. B. Langston (set/1911 a dez/1912)
– Américo Luciano Senna (dez/1912 a fev/1926)
– Francisco Correia de Araújo (fev/1926 a ago/1933)
– Missionário T. B. Stover (set/1933 a mai/1954); (nesse período, durante o ministério do pastor Stover, devido às suas férias e doença da esposa, vários foram os pastores interinos que colaboraram na liderança da igreja: Dr. S. L. Watson (missionário), Dr. J. J. Cowsert (missionário), Walter Kaschel, Edgard F. Hallock, Eliseu O. Ximenes, Gene Hale Wise (missionário) e os seminaristas Manoel Farias, Oswaldo Ronis, Antonio Valadares, Gutemberg Nary Guarabira, Tiago Lima, Samuel Scheideggar, Edgard Batista e Enoque Balbino) – Gene Hale Wise (auxiliar de dez/1952 a jan/1954; titular de mai/1954 a dez/1960)
– João Lemos (dez/1960 a set/1968)
– Roque Monteiro de Andrade (set/1968 a Nov/1969)
– Delcyr de Souza Lima (nov/1969 a mar/1987)
– Sebastião Augusto da Silva (abr/1987 a mar/2001)
– Alcendino Marques Pereira (mar/2001 a ago/2001 como pastor interino)

– Nilton Antonio Camara Barreto (desde ago/2001)

No dia 6 de janeiro de 1909 foi feito um período de inclusão da igreja na Junta de Missões Nacionais e em 14 de setembro de 1924 foi feita uma lista para ajudar o irmão Antônio Maurício, em Portugal, para construção do templo de viseu. Desta forma, entendemos que a Primeira Igreja Batista da Ilha do Governador desde cedo iniciou suas funções eclesiásticas de forma missionária, tanto no âmbito de Missões Nacionais, como no de Missões Mundiais. Nestes 110 anos, a igreja manteve sempre sua fidelidade denominacional e sua responsabilidade com as determinações das Escrituras Sagradas, procurando ensinar, corrigir e edificar os membros a ela ligados, dando-lhes direção correta para seu viver cristão. A Primeira Igreja Batista da Ilha do Governador foi a quinta igreja batista a ser organizada na cidade do Rio de Janeiro e através do seu ministério eclesiástico resultaram as seguintes igrejas: PIB Barra do Piraí, Igreja Batista do Tauá, Igreja Batista do Guarabu, Igreja Batista do Itacolomi (hoje Igreja Batista do Jardim Guanabara), Igreja Batista da Freguesia (nascida na residência de nosso diácono Francisco Fernandes), e Igreja Batista Colônia Z-10. Somos gratos a Deus pela existência desta agência do Reino de Deus na Ilha do Governador, que, com seu testemunho, vem iluminando vidas e proporcionando a salvação de Deus, aqui no Brasil e no mundo, através de suas diversas adoções missionárias e programas de evangelização.
Assim, louvamos a Deus por ultrapassar os cem anos, cumprindo nossa missão como Igreja de Jesus, baseando nosso trabalho na evangelização, discipulado, adoração e ensino da Palavra de Deus. Ao Senhor, toda honra e glória!

Pastor Presidente – Nilton Barreto

Nilton Antonio Câmara Barreto, nasceu em 12 de abril de 1953 em Boa Vista, Recife, na Casa de Saúde Freita Lins com cinco quilos e trezentos gramas e cinqüenta e seis centímetros. Filho de Iraci, uma guerreira, mulher de fibra e abençoada, que orou estando ele ainda no ventre e o entregou nas mãos do Pai, pois sabia que só Ele poderia guiá-lo e sustentá-lo, e já entendia o plano de Deus para a vida de seu filho. Nilton viveu sua vida debaixo de muita oração. Casou-se com Vera e ela presenteou-lhe com duas lindas filhas, Tatiana e Tamara, que são as pupilas de seus olhos.
Aos 33 anos resolveu ingressar no Seminário Bíblico do Rio de Janeiro para adquirir um pouco mais de conhecimento para continuar a obra de Deus, só que ele não esperava a bênção que estava por vir. Um chamado específico de Deus para o Ministério Pastoral. Deus lhe falou numa de suas mensagens, quando pregava nesta igreja, vindo logo a confirmação através do Pastor Sebastião Augusto da Silva quando falou-lhe que iria ordená-lo ao pastorado e o fez em fevereiro de 1992. Seu único pedido a Deus foi ter a unção, o poder da Palavra, e isso é transparente para todos nós. Com isso, pregava a Palavra de Deus com afinco e determinação, pois nada o impedia de fazer a obra, tempo, local, condições financeiras, seu desejo era apenas servir ao Senhor e Salvador de sua vida. Terminou o seminário já pastor e serviu ao Senhor como pastor auxiliar desta igreja por quase um ano. Recebeu logo dois convites para pastorear a Igreja Batista em Jardim Duas Praias e a Segunda Igreja Batista de Brás de Pina. Porém ele atendeu à convocação divina, e durante nove anos pastoreou a Segunda Igreja Batista de Brás de Pina. Foram nove anos de bênçãos, conquistas, realizações, alegrias e muitas, muitas amizades. E é assim que ele é, amigo de todas horas, companheiro, parceiro e um excelente pregador da Palavra de Deus. Desta forma, ficou conhecido em toda a Associação Batista Leopoldinense. Como servo escolhido e ungido por Deus, os seus ouvidos estão sempre atentos à Sua voz, em abril de 2001 recebeu um convite desta igreja. Depois de muita oração, contemplando as montanhas da serra de saquarema, Deus falou fundo ao seu coração e ele atendeu ao chamado divino aceitando pastorear a nossa Igreja. Sua vinda para esta Igreja trouxe muitas transformações, tanto materiais como
obras de reforma, reestruturação de departamentos e organizações, como espirituais, vidas se rendendo e outras sendo transformadas pelo poder da Palavra conferida a ele por Jesus Cristo. O seu ministério é marcado por grandes realizações e vitórias! Lutas, provações,
batalhas, fazem parte do vocabulário de qualquer crente, mas nos seus lábios só são proferidas palavras de amor, unção e poder que vêm do alto e perpassam por suas entranhas exalando um cheiro suave para o seu rebanho, a Igreja de Cristo, a PIBIG. Somos todos gratos a Deus por você, Pastor Nilton, estar conosco nos orientando e abençoando. Sabemos que palavras não são suficientes para expressar o que
sentimos e tudo que desejamos para você. Uma coisa podemos perceber, na vida espiritual de cada ovelha sua, existem dois momentos: antes e depois do Pastor. Porque o crescimento espiritual que temos sentido e vivenciado é devido a sua dedicação e empenho em sempre depender e fazer a vontade do Pai.
Muito obrigado Pastor Nilton! E que Deus continue lhe concedendo unção e poder.
Deus o abençoe ricamente!

Pastor Presidente

  • Pr. Nilton Barreto

Colegiado Pastoral

  • Pr. José do Socorro
  • Pr. Marcelo Marques
  • Pr. Luiz Padilha
  • Pr. Eduardo de Souza