Is - 30.13 - Por isso esta maldade vos será como a brecha de um alto muro que, formando uma barriga, está prestes a cair e cuja quebra virá subitamente.


Você está aqui: Home › Matérias › Educação Cristã
23/03/2015
Betroka - Madagascar

Notícias de Betroka - Madagascar...

 

 

 

Antananarivo, 19 de março 2015

Família Basso- Projeto Madagascar

“Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta,olhando para Jesus, autor e consumador da fé...” (Hebreus 12:1-2)

 

Graça e paz aos nossos amados irmãos, 

  É sempre bom escrever para os irmãos e compartilhar o que vivemos e aprendemos no nosso lar e campo missionário.
  Desde que escrevemos a última carta, muitas coisas já aconteceram. Algumas nos trouxeram tristezas, todavia, outras nos brindaram com exuberante alegria e muito aprendizado. Contudo, a vida é assim. Estaremos sempre em um processo de crescimento e transformação, todos os dias, até chegarmos a estatura de varão perfeito, em Cristo. Que possamos, a cada dia , continuar olhando para nosso alvo que é Cristo e que Ele seja sempre a razão pela qual vivamos todos os nossos dias.
  Meus queridos irmãos, fora do Brasil há quase dois anos e, morando na Ilha de Madagascar, (costa Sul do continente africano), nós tivemos o imenso privilégio de vir servir ao Senhor em meio ao um Povo Não-Alcançado pelo Evangelho; o povo Bara. Povo simples e amigável, sorridente e hospitaleiro, mas que ainda permanece sem o conhecimento de Cristo.
   Animistas por religião, adoram e reverenciam seus ancestrais, assim como os espíritos. Tudo gira em torno das ordens de tais espíritos, intermediados pelos “ Witch-doctors” (Feiticeiros), que comandam cada aspecto de vida do povo.
  Todavia, apesar de tão grandes trevas, um povo amado do Senhor, pelo qual Ele deu a Sua vida na cruz do Calvário. Lembro-me sempre das palavras do hino: “... Eis os milhões, que em trevas tão medonhas, jazem perdidos, sem o Salvador. Quem pois irá as novas proclamardes, que Deus em Cristo salva o pecador...”.
Nosso coração enterneceu-se por esse povo  quando fomos indicados por nossa agência MIAF ( Missão para o Interior da África) e não pudemos reter o desejo de vir, mesmo sabendo que pagaríamos um preço. As lutas e dificuldades são muitas,  todavia, o que realmente importa? Importa servirmos ao Senhor com fidelidade, com lágrimas ou sem lágrimas, com dor ou sem dor, na alegria ou tristeza, vivendo sempre para honrá-Lo, glorificá-Lo e anunciá-Lo e ver no final de tudo, que valeu a pena viver para o Mestre.
  Assim, nosso maior desejo é que o Povo Bara  conheça a Jesus  como Senhor e Salvador. Ansiamos por vê-los libertos pela graça e reconciliados com Deus. Realmente, será glorioso estar junto a eles entre a incontável multidão de pessoas de todas as tribos, povos, línguas e nações, que estarão em pé diante do Cordeiro naquele dia. Valerá a pena ter abdicado de muitas coisas pela causa do Calvário. Louvado seja o Senhor.


             
Um pouquinho da nossa vida em fotos! 


Viagem para Antananarivo

   Há duas semanas, estamos na capital de Madagascar, mais conhecida como TANA. Estamos hospedados na casa da Família Petrelli, que  também são missionários aqui.
  Viemos para a cidade com o objetivo de fazer compras e também consultas médicas. Suspeitávamos que a Jana estivesse grávida. E a confirmação veio dos exames e testes feitos aqui. Vamos ser pais!!!!! Estamos muito felizes, pois filhos são herança do Senhor.
  Devido as dificuldades da viagem como buracos, pontes, o médico não nos liberou para voltar a Betroka, pois a Jana teve um sangramento e necessitou de repouso.
Esta semana, voltamos ao médico e ele disse que, provavelmente, semana que vem Jana poderá voltar .
  Louvamos ao Senhor pelo Seu cuidado e carinho sobre nós. Cremos que tudo está no controle do Senhor.

     
Dois dias de viagem de Betroka para Antananarivo. As estradas durante a viagem estavam assim!


Processo de aprendizado

  Ainda estamos aprendendo a Língua Bara. Confessamos que não é nada fácil, mas, já conseguimos nos comunicar um pouco, ou pelo menos entender algumas conversas. A mímica e a gesticulação nos ajudam em muito. Fernando, um dia, não sabia dizer que queria comprar ovos. Então, ele começou a imitar uma galinha e fez sinal com a mão como se fosse um ovo. O povo riu muito, mas conseguiu comprar.
  Estamos na época de plantação;  a maioria do povo está plantando arroz e mandioca. Tivemos a oportunidade de ir com eles plantar e aprender um pouco mais da visão do povo em relação ao plantio.

 

Visita as aldeias

O povo Bara vive muito espalhado e o acesso a algumas aldeias é difícil,  levando dias de caminhada. Muitas  delas faz-se necessário a escalada de montanhas.
Visitamos algumas aldeias para conhecer o povo e eles se familiarizarem conosco. Desejamos continuar visitando as aldeias ao redor, para desenvolvermos relacionamentos e assim poder compartilhar o  Evangelho.
Também queremos agradecer aos irmão que contribuíram com o povo de Ianakafy  seja em oração ou doando. Foram distribuídos até agora duas toneladas de arroz para as vilas com o objetivo de ajudá-los nesta situação de fome que estão passando.    


     

 

Agradecimentos: 

  • Pela misericórdia e amor do Senhor por nós expressos em seu cuidadoAgradecemos a Família Petrelli pela inigualável hospitalidade e por serem verdadeiramente irmãos ao nos acolherem em sua casa;
  • Pela compreensão e amor de nossos líderes Mark e Stacy e pelo carinho do time Bara;
  • Pelas Igrejas e mantenedores – Muito obrigado pela sua fidelidade e amor. Obrigado pelos e-mails e ofertas.
  • Pela vida dos irmão que estiveram orando e ofertando para que comprássemos arroz para as pessoas que estão passando fome em Ianakafy. 



Pedidos de Oração:  

  • Pela saúde da Jana e do Bebê (ainda não sabemos se é ele ou ela) e pelo nosso retorno à Betroka no dia 24/3;
  • Pelos planos de ministério entre o Povo Bara;
  • Pelo aprendizado da língua e cultura assim como relacionamentos com o povo;
  • Pelo TIME Bara e nossos lideres Mark e Stacy Niles;
  • Pelo Povo Bara – que o Senhor “...ilumine os olhos dos corações deles...” e eles possam conhecer a Cristo;
  • Pelos nossos mantenedores e Igrejas.


                           
Não deixe de orar! Obrigado pelo seu carinho e cuidado para conosco, um grande abraço! 

 


Artigos recentes sobre "Educação Cristã"
 

PRIMEIRA IGREJA BATISTA DA ILHA DO GOVERNADOR - Rua Gaspar de Souza, 78 - Zumbi - Tel: 21 2467-3802

Copyright 2011- - Todos os direitos reservados - Proibida reprodução do conteúdo deste site sem devida autorização

Tenha um site igual a este